Inicio » » Coisas que você não é obrigado a informar e justificar. Nunca.

Coisas que você não é obrigado a informar e justificar. Nunca.

Postado por: AvidaBloga on quarta-feira, 15 de julho de 2015 | 7/15/2015 01:50:00 AM



1. Você não precisa explicar para ninguém a sua situação na vida.

Se você vive em um casamento civil ou não, ou mora em aluguel, ou vive com seus pais, mesmo que você não precise mais, você não tem que informar a ninguém, porque você está fazendo isso. Se você está plenamente consciente de sua situação na vida, isso  significa que você tem suas próprias razões para mantê-la assim, e elas não são da conta  de ninguém.

2. Você não precisa explicar para ninguém suas prioridades de vida.

Você tem suas próprias idéias sobre o que pode ser feito para o conforto e a felicidade de seus amados e a você mesmo, que é a sua principal prioridade. Uma vez que somos, personalidades únicas com valores diferentes, sonhos e aspirações, prioridades, uma pessoa sempre ser diferente dos de outra. Você decide a sua própria, e não deve prestar contas a ninguém.

3. Você não tem que pedir desculpas, se você não está arrependido.

Se você não se arrepende de suas ações, ainda acha que alguém estava errado, ou realmente não  precisa de perdão, você não tem que se desculpar. Muitas pessoas  estão tentando demasiadamente mais que depressa em pedir desculpas e cicatrizar rapidamente as feridas que ainda não estão prontos para tal "cura". Isso só pode piorar a situação. Você realmente não precisa pedir desculpas se você não se sente culpado.

4. Você não tem que justificar a ninguém o tempo gasto sozinho.

Muitos têm medo de serem marcados como "áspero", "anti-sociais", "arrogante" se  cancelar os planos ou recusar convites porque precisa de algum tempo para ficar sozinho com você mesmo, para relaxar, para "reset" ou simplesmente ler um bom livro. Na  verdade, esses tempos de limite solitários, é uma prática perfeitamente normal, a maioria  exigida  de nós. Fique confiantee não se preocupe com explicações.

5. Você não é obrigado a aceitar as crenças pessoais de ninguém.

Só porque alguém fala apaixonadamente sobre suas crenças, não há necessidade de  sentar-se e acenar com a cabeça em aprovação de tudo. Se você não partilhar as suas ideias, é injusto fingir que você concorda com eles.  É melhor calmamente se opuser, do que acumular desaprovação e decepção.

6. Você não tem que dizer "Sim".

Você  tem todo o direito de dizer "não", se o acordo não é um bom. O maior  sucesso em todas as áreas à procura de pessoas que têm dominado a arte de dar-se tudo  o  que não é sua prioridade. Aceite a bondade dos outros e ser grato, mas fique à vontade para dizer "não" a tudo o que distrai a atenção dos principais objetivos.


7. Você não tem que dar desculpas por sua aparência.

Você pode estar em boa forma ou não,  ou o mais comum, mas você não precisa de ninguém para explicar sua aparência. Não deixe que suaa aparência defina a sua auto-estima.

8. Você não precisa explicar para ninguém os seus hábitos alimentares.

Existem certos alimentos que simplesmente você não gosta por várias razões,  desde  o sabor ao seu impacto sobre a sua saúde. Se alguém está incomodando você a questionar  por que você está comendo (ou não comer) determinados alimentos, não prestar atenção  a ela e responder que você se sente bem, comeendo desta forma.

9. Você não é obrigado a informar a ninguém sobre a sua vida sexual.

Se você está em um relacionamento com um adulto consensual, só interessa a vocês dois.

10. Você não precisa de ninguém para explicar sua carreira ou escolhas pessoais.

Às vezes as circunstâncias nos obrigam a escolher entre o trabalho e a vida pessoal. Esta decisão não é sempre fácil, e você pode optar por trabalhar no final , não porque  você se preocupa com sua família, mas porque esta escolha dará a você a segurança no futuro. Em qualquer caso, você não tem que explicar aos outros porque você escolheu uma profissão (ou vice-versa) mesmo se lhe falarem que você está fazendo tudo errado.

11. Você não tem que explicar as suas opiniões políticas ou religiosas.

Se você é da esquerda ou direita, católico, protestante ou muçulmano, é sua escolha pessoal. Você não tem que explicar a sua fé. Quando alguém não pode aceitá-lo do jeito que você pensa, isso é problema dela, não seu.

12. Você não tem que explicar porque está só

Casado ou não, namorando ou não, só interessa a você. Solidão, não é um transtorno de personalidade. Você é livre para escolher, se está fim de entrar em um relacionamento  ou  não. Apenas lembre-se: você  não tem há necessidade de colar rótulos inúteis e sociais para os outros.

13. Você não é obrigado a encontrar-se com alguém só porque ela pediu.

Alguém pode ser agradável e bonita, mas você não tem que ir a um encontro com ela. Se você sentir que no fundo você não precisa desta reunião, não caminhar com ela. Encontre o motivo da recusa e não mude sua decisão.

14. Você não precisa de alguém para explicar a sua decisão sobre o casamento.

Independentemente  de saber se você quer se casar e ter filhos ou não ter filhos,  vai  ser livre  e continuar a ser uma decisão pessoal. Mesmo que a sua mãe só de elogios sobre seus netos,  ela teria que viver com suas escolhas na vida, por mais difícil que possa ser.

15. Você não tem que explicar as suas escolhas nos relacionamentos.

Às vezes as pessoas fazem comentários inadequados sobre o seu relacionamento romântico. Certamente alguém diz que vocês não é um "casal perfeito" ou o que você precisa olhar para uma outra pessoa. No entanto, nesta matéria, você não é responsável perante ninguém, mas  a si mesmos. Viver uma vida própria e nunca interromper ou salvar o relacionamento só porque alguém lhe disser para o fazer. Você vai cometer erros a vida toda e aprender com eles, isso é  a vida.


0 comentários :

Postar um comentário


POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS:


As regras gerais de conduta em nosso site:

http://www.avidabloga.com/p/regras-do-blog.html




Anterior Proxima Página inicial