Inicio » » Porque chineses odeiam os japonêses?

Porque chineses odeiam os japonêses?

Postado por: Unknown on quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 | 1/30/2014 10:00:00 PM


Sei que muitos de vocês em absoluto não sabem da maior parte ou parte do que ocorreu na Ásia em 1930-1945, por isso, tenho de dizer-lhe. Tenho inumeros posts sobre o campo de concentração, contudo nunca notei a dimensão do que o Japão fez. Sempre e só "Alemanha , a Alemanha sempre ela, campos de concentração, bombas nucleares, Auschwitz, Holocausto, genocídio, etc., etc." e se perguntar sobre o Japão, ninguém sabe além de:  "Pearl Harbor, Hiroxima e Nagasaki". As pessoas também, ao que parece, se esquecem que quando o Porto de Pearl Harbor  foi atacado, os japonêses ao mesmo tempo atacaram Hong Kong e Cingapura e se intrometeu na Malásia, e tudo isso sem declaração de guerra ou o ultimato. Os chineses dizem o que os japonês fizeram é um horror muito maior, vamos então mergulhar naquele horror em que os japonêses criaram. Que aprenda, Hiroxima e Nagasaki parecerão uma picada de um mosquito muito pequena.



A matança esteve em todo lugar.

Os japoneses se falam abertamente, assumem a responsabilidade da morte aproximadamente 30 milhões de pessoas das quais aproximadamente 23 milhões foram chineses étnicos. O resto fez-se por Filipinos, malaios, vietnamitas, cambojanos, indonésios e birmaneses. Melhor entender estes números: a população atual da Austrália tem 23 milhões. Se quer saber mais sobre cada caso separado da matança, aqui a lista daqueles lugares onde se realizaram: O hospital de Aleksandra, Banco, ilha de Changjiao, Kalagong, Lakh, a Manila, Nanking Palawan, o rio Pengtinggeng, Voa Sulong, o Ramo Ching, a Plantação Tol, Ilha Ueyk. Poguglite. Esta foto faz-se a Suzhou, a China, 1938. Uma foto do fosso mais alto cheio de chineses civis.



Competições.

 Wikipedia: "Os dois japoneses, Toshiaki Mukai e Tsuyoshi Noda, arranjaram competições para  ver quem era capaz de matar mais rapido com (espada) . O título corajoso diz: "Registro improvável" (em competição de assassinatos de 100 pessoas) — Mukai 106 pessoas – 105 Noda". Tanto com as espadas, e também as baionetas e um que foi usado largamente. A matança no Hospital de Alexandria realizou-se no dia 14 de fevereiro, nesta matança só 5 pessoas sobreviveram (fingindo de mortas).



Profanação.

Enfiavam as Baionetas nos  corpos dos chineses mortos. A profanação de corpos é uma daquelas coisas de segredos japoneses que nunca foram condenados, junto com muitos outros, como massacre, torturas de presos de guerra, roubos,  (mulheres capturadas e as meninas jovens que foram forçadas à escravidão sexual), canibalismo.



Captura e assassinato dos presos de guerra.

Se você fosse preso da guerra capturado pelo exércitos americano, teria 96%- de possibilidade de uma sobrevivência mas se fossee capturado pelo exército japonese, já teria 70%  de chance de morrer se não fosse chineses étnico, então provavelmente não sobreviveria em geral. Porque? Como as normas da lei internacional os japonês a ignoravam " não concerniram" o chinêses ficaram sujeitos a todos os tipos de torturas. Adivinhe, quantos presos da guerra foram colocados em liberdade pelos japonêses depois da capitulação. 1000? 10000? A resposta é 56 presos chineses de guerra. CINQÜENTA E SEIS. Pense neles. Nesta foto acima vemos o preso australiano da guerra (o sargento Leonard Sifflit) 1943.



Trabalho forçado.

O trabalho forçado, é a cópia de campos de trabalho na Alemanha. Aproximadamente 10 milhões de civis chineses foram enviados para o trabalho difícil forçado, e certamente outros habitantes da Ásia . Javanês: aproximadamente 4-10 milhões de Javanêses foram para os campos e só aproximadamente 52000 foram repatriados a Java, a taxa de mortalidade foi de aproximadamente 80%. Deve ter-se em mente que o japonês assasinaram a Convenção de Genebra de 1929 "Presos da guerra", verdadeiros monstros . Foto acima de presos australianos e holandeses da guerra na Tailândia, 1943 .



Experimentação em humanos e guerra biológica , o uso de armas químicas e canibalismo.

Às vezes as pessoas chinesas não foram mortos e enterradas vivos . Sim, enterradas vivas. E é uma gota no mar e você ainda pode dizer do tratamento humano , depois de você ler isso, você ficaráa terrorizado. Os Japonêses até mesmo aqueles mais pervertidos . Eles fizeram experiencias sem o uso de anestésicos , porque eles estavam com medo de que isso poderia afetar os resultados. As vítimas foram submetidos à vivissecção (cirurgia realizada para fins experimentais em um organismo vivo ) . E , a fim de encontrar maneiras de tratar queimaduras , os presos foram levados para o frio , e as suas mãos periodicamente encharcado com água para produzir congelamento. Quando o braço foi amputado , "doutor ", repetia o processo no outro . Depois que a mão acabava os médicos passavam para os pés até que restava apenas a cabeça e o torso. Depois disso , a vítima era usada para as experiências com agentes patogénicos .

Noutras experiências , as pessoas eram privadas de comida e água para determinar o tempo da morte eram colocados numa câmara de alta pressão, fazendo experiências com temperaturas e queimaduras para comparar a resistencia da sobrevivência , eram colocados numa centrífuga e centrifugados até a morte ; injetavam sangue dos animais; e também eram submetidos a doses letais de raios-X ; experimentavam diferentes armas químicas nas câmaras de gás.

Além disso , cerca de 400.000 chineses morreram de peste bubónica , cólera , antraz e outras doenças como resultado das experiências japonesas . As pessoas estão habituadas a testar granada colocados a distâncias diferentes em posições diferentes . Também lança-chamas foram testados  nos chineses . Pessoas amarradas e usadas como um alvo para bombardeios e treinamento de tiro. A maioria desses "experimentos" foi realizado pela Tropa 731. Em 2002 Simpósio Internacional de guerra bacteriológica anunciou que o número de mortes causadas pelas experiências do exército japonês foram pelo menos 580.000.

A última coisa que eu quero falar - canibalismo. Sério . Eu não vou nem tentar reformulá-la , aqui está uma citação direta : . . "Em alguns casos , a carne era cortada de pessoas vivas (prisioneiros) e eram comidos pelos japoneses. Existe muita controvérsia nesse ponto, mas continuem pesquisando e tire sua conclusao.
Comece pesquisando por aqui: pt.wikipedia.org/wiki/Crimes_de_guerra


Isto não pode ser esquecido...

De fato algo...  Simplesmente sinto que sobre esta parte da Segunda Guerra Mundial todos se esquecem, só exite o Pearl Harbor e duas bombas nucleares.  Não tento tomar um partido da guerra mundial, mas ela merece a atenção maior e não tentarem minimizar os outros crimes que ocorreram durante a guerra. 
Há um desejo de reconhecer que o fato que os crimes dos países  provieram do mesmo começo da história da humanidade.  Muito facilmente podemos magoar um ou outro, contudo, também somos igualmente surpreendentes para sobreviver na nossa oportunidade, persistentemente continuar lutando e desculpando. 
Quer aprender mais, leia mais história, a história o ensinará muito. E os eventos modernos lhe parecerão terrivelmente familiares




Leia :  O Paraguai odeia o Brasil? tire suas conclusões.


8 comentários :

  1. Tenho 41 anos e estudei 11 anos em escola pública .Nunca em nenhum livro ou sequer algum professor de história mencionou tais fatos ,a não ser que eu tenha faltado a aula no dia ! Dessa eu não sabia! Obrigado pelos esclarecimentos!Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Eu também acho muito estranho contarem só partes da história, mas isso é geral. Olha esse caso em que nós mesmos do Brasil desconhecemos. Participamos de um genocídio que matou 90 por cento dos homens de um país.

      http://www.avidabloga.com/2013/11/a-guerra-do-paraguai-matou-maioria.html

      O Universo está repleto de muitos segredos e mistérios, como evidenciado pela história do mundo. Conhecer esses fatos é para todos, porque sem o conhecimento do passado não pode construir um futuro. Foi com esse pensamento que dei inicio ao blog.

      Abçs..

      Excluir
    2. Isso não foi culpa do Brasil e sim do ditador paraguaio Solano López, e na verdade não chega nem perto de 90% de homens paraguaios mortos, quem inventou isso foi um cara que esqueci o nome que escreveu o livro "Genocídio Americano". E esse livro é muito ruim.

      Excluir
    3. Bom dia Murilo.

      Infelizmente todos historiadores que tive oportunidade de ler, afirmam que tais genocídios foram cometidos. Claro que todas nações nunca vão assumir, a unica que assumiu foi a Alemanha.

      No post deixo algumas fontes. Penso assim! uma nação vai a guerra logo começa , ódio, intolerância e por fim genocídios. Abçs

      Excluir
    4. Francisco Maia,
      Sugiro a leitura do livro "Rio Branco e as Fronteiras do Brasil" de Arthur Guimarães de Araújo Jorge; nem a historiografia ufanista de uns, nem a ressentida de outros (como houve na época das recentes ditaduras em Brasil e Argentina), os fatos são:
      A fronteira atual entre Brasil e Paraguai respeita os limites do Tratado de Madrid celebrado entre Espanha e Portugal em 1750, a independência Paraguaia por exemplo ocorreu em 1815, Cuiabá foi fundada em 1719, Corumbá em 1778;
      O Paraguai tinha antes da guerra um exército de 70.000 homens, de longe o maior da América do Sul;
      Solano Lopes, que conheceu Napoleão II em França, queria ser um Napoleão das américas e tentou realmente;
      Estava certa a união de Paraguai, Argentina e Uruguai para atacar o único país não Republicano da região, o Império do Brasil;
      O cenário mudou em poucos anos e o resto é história.
      Como sulmatogrossensse, digo que temos os paraguaios como nossos irmãos, que vivem entre nós em Mato Grosso do Sul como um de nós, são respeitados, amados, e sua cultura musical e gastronômica partilhada e vivenciada; não devemos deixar que o desconhecimento do que realmente ocorreu dê lugar a uma cultura de vitimização e injustiça que não é verdadeira.
      abçs

      Excluir
    5. Bom dia Alencar.

      A destruição do primeiro estado socialista do mundo, genocídio acompanhado em especial o cinismo, que foi detido sob a bandeira da libertação, na minha opinião foi um dos genocídios mais monstruosos na história humana.

      Para o capitalismo mundial em face da Grã-Bretanha tudo acabou muito bem. É verdade a verdadeira razão, como sempre, provou ser puramente econômica.

      Mas a memória não é destruída! Tão viva. Cada um esteja livre para Interpretar livremente a história.

      Dependendo das perspectivas haverá divergências em torno do que foi o "massacre" da guerra no Paraguay, na parte do meu artigo podemos verificar historiadores como José de carvalho, Celso Frederico e outros, que coaduna com meus argumentos.

      Abçss amigo :)

      Excluir
  2. Fiz uma revisão aqui,
    Independência do Paraguai: 1811
    Solano Lopez conheceu Napoleão III

    ResponderExcluir
  3. Agora entendo por que os filmes de Bruce Lee são contra os japoneses

    ResponderExcluir


POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS:


As regras gerais de conduta em nosso site:

http://www.avidabloga.com/p/regras-do-blog.html




Anterior Proxima Página inicial